Sobre a Freguesia
Paço de Arcos
Sobre a Freguesia
Caxias
Sobre a
Fundação
Sobre a
Fusão
Símbolos da
Associação
Evolução dos
Emblemas
Evolução das
Instalações
Meios Operacionais
Históricos
Comandantes Grandes
Sinistros
Centenário Condecorações
Honoríficas

Evolução dos Emblemas

A Associação teve, até aos nossos dias, cinco Emblemas, a saber:

 

1893.OUT.30 - Letra V (inicial de Voluntários) e dois machados, sobrepostos sobre um ramo com dois caules. Esta versão, em vigor entre as datas da fundação e da fusão, pode ser consultada no livro de registo de Ordens de Serviço (1894/1927);
1927.JUL.29 - Bóia, com as iniciais A.H. na parte superior, o dístico "Paço d'Arcos" na parte inferior e dois machados e as iniciais B.V. no centro. Todo o conjunto rodeado por um ramo com dois caules, sobreposto por uma fita com os dizeres "Fundação 30-10-1884". Esta versão, em vigor desde a data da fusão até depois da aprovação dos estatutos da Liga dos Bombeiros Portugueses, pode ser observada nos azulejos da parte superior da porta nº 136, do quartel-sede da Rua Costa Pinto;

 


 
1935.JUL.21 (depois de) - Tradicionalmente usada em todo o mundo, como Emblema de corporações de bombeiros, a Fénix Renascida parece ter sido adoptada em Portugal desde a década de trinta, como motivo central das insígnias da Liga e da numerosas corporações, uma delas a de Paço de Arcos. A Fénix era uma ave fabulosa do Egipto, a única na sua espécie. Quando, depois de cerca de cinco séculos de vida, sentia avizinhar-se a morte, construía um ninho de plantas aromáticas que os raios de sol incendiavam. Assim se autodestruía pelo fogo, no altar de Heliópolis, após o que renascia uma nova Fénix, totalmente emplumada, normalmente representada em heráldica, por uma ave que, sobre uma fogueira, renasce das próprias cinzas. No Emblema da Associação, com o escudo substítuido por uma bóia, só pode ter sido adoptado depois de 1935.JUL.21 dado que a automaca "Humanitário", baptizada naquela data, ainda exibe o Emblema acima referido como versão B;

 
1993.MAR.31 - Versão anterior, rodeada de dístico com a designação "Assoc. Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos" adaptação do artista plástico paço-arcuense, José Santos.

 


 
2011.MAR.26 - Versão anterior, rodeada de dístico com a designação "Assoc. Humanitária de Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos".

 


 

in "Os Bombeiros de Paço de Arcos - 1893/1993" de Rogério de Oliveira Gonçalves.

Actualizado em ( Quarta, 24 Agosto 2016 10:04 )  


Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda mais informações, consulte a nossa Política de Cookies.

  1. Siga-nos no Facebook Siga-nos no Facebook
  2. Siga-nos no Twitter Siga-nos no Twitter
  3. Siga-nos no Google Plus Siga-nos no Google Plus
  4. Siga-nos no Youtube Siga-nos no Youtube
  5. Siga-nos na Wikipedia Siga-nos na Wikipedia
  6. Siga-nos por RSS Feeds Siga-nos por RSS Feeds
  7. Siga-nos no Flickr Siga-nos no Flickr
  8. Siga-nos no Issuu Siga-nos no Issuu
  9. Siga-nos no Instagram Siga-nos no Instagram