Mau tempo nos próximos dias: MEDIDAS DE PREVENÇÃO

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Cheias 

No seguimento do briefing técnico operacional realizado hoje no Comando Nacional de Operações de Socorro, da Autoridade Nacional de Protecção Civil, com o Instituto de Meteorologia e de acordo com as informações disponibilizadas, o estado do tempo, nos próximos dias, no território de Portugal Continental, irá ser influenciado pela passagem sucessiva de superfícies frontais, pelo que as condições meteorológicas caracterizar-se-ão por uma grande variabilidade, nomeadamente chuva, descida de temperaturas, queda de neve acima dos 600 metros, agitação marítima e ventos por vezes fortes.

Perante a situação prevista pelo Instituto de Meteorologia, determinou-se aos Comandantes Operacionais Distritais (CODIS) e respectivos Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS):

1. A passagem ao nível de ALERTA AMARELO desde as 18.00 horas de amanhã (segunda-feira, 19 de Janeiro) e as 20.00 horas do dia 21 de Janeiro, quarta-feira, de todo o dispositivo de coordenação, comando e intervenção, sob a coordenação da ANPC, de escalão distrital e municipal, dos Distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco e Portalegre;

2. A promoção de reunião do respectivo Centro de Coordenação Operacional Distrital (CCOD) para avaliação da necessidade antecipada de acções que garantam a circulação nas vias mais importantes ou de cortes nos pontos historicamente mais vulneráveis;

3. Garantir, através dos Agentes de Protecção Civil, Serviços Municipais de Protecção Civil e as diversas entidades intervenientes, em situações de isolamento de pessoas ou retenção de veículos, o apoio e o acompanhamento, permanente, no local da situação, transmitindo as informações julgadas essenciais;

4. A garantia do aumento da capacidade de resposta e da prontidão dos Agentes de Protecção Civil, nomeadamente dos Corpos de Bombeiros e de outros intervenientes nos diversos escalões, de acordo com as responsabilidades de cada uma das organizações e as disponibilidades dos respectivos dispositivos;

5. Divulgação aos órgãos de comunicação locais / regionais, das informações necessárias à população, sobre o desenvolvimento da situação ou das operações e as medidas de prevenção e precaução a serem tomadas.

A ANPC recomenda à população a tomada das necessárias medidas de prevenção e precaução tomando especial atenção:

  • Às informações da Meteorologia e indicações da Protecção Civil e Forças de Segurança;
  • À adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
  • À desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes que possam ser arrastados;
  • À não utilização de braseiras em locais fechados, por haver perigo de morte por inalação de gás (monóxido de carbono);
  • Aos cuidados a ter com a utilização das lareiras;
  • Aos cuidados a ter com a utilização de outros sistemas de aquecimento.
  • Aos cuidados redobrados relacionados com a condução de veículos em zonas afectadas pela neve e gelo.

Fonte: Autoridade Nacional de Protecção Civil

 


Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda mais informações, consulte a nossa Política de Cookies.

  1. Siga-nos no Facebook Siga-nos no Facebook
  2. Siga-nos no Twitter Siga-nos no Twitter
  3. Siga-nos no Google Plus Siga-nos no Google Plus
  4. Siga-nos no Youtube Siga-nos no Youtube
  5. Siga-nos na Wikipedia Siga-nos na Wikipedia
  6. Siga-nos por RSS Feeds Siga-nos por RSS Feeds
  7. Siga-nos no Flickr Siga-nos no Flickr
  8. Siga-nos no Issuu Siga-nos no Issuu
  9. Siga-nos no Instagram Siga-nos no Instagram