O maior salvamento do Mundo

Quinta, 08 Setembro 2011 19:10 Gabinete de Sistemas de Informação
Versão para impressão
11_Setembro

Todos temos presente aquela manhã de 11 de setembro de 2001, em Nova Iorque. As imagens chegaram-nos através dos canais de televisão. Perplexos vimos em chamas as Torres Gémeas no World Trade Center, logo após um avião ter embatido na Torre Sul. Dezassete minutos depois da primeira colisão um segundo avião colidiu na Torre Norte. Menos de uma hora depois da primeira colisão, mais de mil bombeiros, centenas deles em férias ou folga - e mesmo aposentados - apresentaram-se ao serviço para salvarem vidas.
Dos 2.753 mortos nas Torres Gémeas, 343 eram bombeiros do Departamento de Bombeiros de Nova Iorque.

Depois do colapso da Torre Sul, os bombeiros que entretanto acorreram ao local e que conseguiram socorrer muitas vítimas e esvaziar quase completamente os andares abaixo dos que estavam incendiados, deslocaram-se para a Torre Norte para continuar a sua missão.

Entretanto esta torre desabou. Pensa-se que cerca de 200 bombeiros estavam na Torre Norte quando ela desmoronou.

Sacrificando a sua vida, os 343 bombeiros que perderam a vida nas Torres Gémeas, salvaram, no decorrer da sua acção, cerca de 25.000 pessoas, realizando o que o prefeito de Nova Iorque, Rudolph Giuliani considerou ter sido «o maior salvamento do mundo».

Estes bombeiros foram então reconhecidos como genuínos heróis, porque sabendo que corriam risco de vida na Torre Norte, depois do colapso da Torre Sul do World Trade Center, permaneceram nos seus postos, salvando vidas.

Dez anos depois desta dolorosa epopeia, constitui um dever de todos os cidadãos, evocarem o exemplo de generosidade destes homens e torna-lo reflexo da imagem dos Bombeiros, de todo o Mundo.

Nesta data, para além da expressão de solidariedade dirigida aos Bombeiros de Nova Iorque e a todos os familiares dos bombeiros vitimados por tão brutal acontecimento, a Liga dos Bombeiros Portugueses saúda cada homem e cada mulher, que nas fileiras dos corpos de bombeiros de Portugal, de qualquer natureza, entregam-se quotidianamente à causa da «Vida por Vida», a bem da humanidade.

Lisboa, 11 de setembro de 2011
O Presidente do Conselho Executivo
da Liga dos Bombeiros Portugueses
Duarte Caldeira

 


Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda mais informações, consulte a nossa Política de Cookies.

  1. Siga-nos no Facebook Siga-nos no Facebook
  2. Siga-nos no Twitter Siga-nos no Twitter
  3. Siga-nos no Google Plus Siga-nos no Google Plus
  4. Siga-nos no Youtube Siga-nos no Youtube
  5. Siga-nos na Wikipedia Siga-nos na Wikipedia
  6. Siga-nos por RSS Feeds Siga-nos por RSS Feeds
  7. Siga-nos no Flickr Siga-nos no Flickr
  8. Siga-nos no Issuu Siga-nos no Issuu
  9. Siga-nos no Instagram Siga-nos no Instagram