Incêndio Rural - Peninha

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
​O incêndio que deflagrou cerca das 22h50 do dia 06 de Outubro, na zona da Peninha, no Parque Natural Sintra-Cascais, encontra-se em vigilância, permanecendo no Teatro de Operações 263 Operacionais, apoiados por 66 veículos. Estes operacionais encontram-se atentos a pequenos reacendimentos pontuais, de forma a evitar uma reativação deste incêndio.
Os Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos mobilizaram para este incêndio 4 veículos num total de 20 Bombeiros.

De referir que foram mobilizados para este incêndio, na madrugada do dia 7 de Outubro, Grupos de Reforço a Incêndio Florestal de diversos distritos e entidades, nomeadamente:

- GRIF 01 e 02 Setúbal
- GRIF 01 Santarém
- GRIF 01 Leiria
- GRIF 01 Força Especial de Bombeiros (ANPC)
- Brigada de Combate a Incêndios urbanos 01 do Regimento Sapadores Bombeiros de Lisboa.

Para além dos meios terrestres dos combatentes e forças de segurança, INEM e demais entidades, foram mobilizados 7 meios aéreos, a saber:

- Alfa 11 e Alfa 02 - Canadairs CL215 baseados no CMA de Seia;
- Alfa 09 e Alfa 10 - AT802-F FireBoss, sedeados no CMA de Beja;
- Hotel 72 - KAMOV KA32T sedeado no CMA de Ferreira do Zêzere;
- Hotel 33 - Ecureuil B3B - sedeado no CMA de Mafra e tripulado pelo Grupo de Intervenção Protecção e Socorro da GNR.

Foi também mobilizado para Observação e Vigilância por parte da ANPC o avião com o indicativo de chamada OSCAR 03 para fornecer imagens em tempo real, para o Comando das Operações e analise da evolução do incêndio.

Publicamos uma fotografia captada na madrugada de 7 de Outubro, na entrada para o Abano junto à foz do Guincho, que espelha a operação desta noite, com o Veículo Urbano de Combate a Incêndios dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos em pleno combate, juntamente com os Bombeiros Voluntários de Cascais.
 

 

Actualizado em ( Sexta, 26 Abril 2019 21:44 )  


Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda mais informações, consulte a nossa Política de Cookies.

  1. Siga-nos no Facebook Siga-nos no Facebook
  2. Siga-nos no Twitter Siga-nos no Twitter
  3. Siga-nos no Google Plus Siga-nos no Google Plus
  4. Siga-nos no Youtube Siga-nos no Youtube
  5. Siga-nos na Wikipedia Siga-nos na Wikipedia
  6. Siga-nos por RSS Feeds Siga-nos por RSS Feeds
  7. Siga-nos no Flickr Siga-nos no Flickr
  8. Siga-nos no Issuu Siga-nos no Issuu
  9. Siga-nos no Instagram Siga-nos no Instagram