Há 28 anos um incêndio destruiu o Chiado

Quinta, 25 Agosto 2016 19:21 Gabinete de Sistemas de Informação
Versão para impressão
Na madrugada de 25 de Agosto de 1988, foi dado o alerta: um violento incêndio tinha deflagrado nos Armazéns Grandella, na Rua do Carmo. O fogo foi combatido por mais de mil bombeiros, com o apoio de elementos das forças de segurança. Apenas oito horas depois as chamas foram dominadas. No balanço final, registaram-se dois mortos e vários feridos.

O incêndio consumiu parte do Chiado e deixou uma profunda e pesada herança: destruição de edifícios de elevado valor histórico, perca de postos de trabalho com o fecho de lojas e armazéns de comércio tradicional e dezenas de desalojados.
Apesar do processo de renovação e reabilitação que foi alvo aquele espaço de referência da cidade de lisboa, é impossível dissociar a causa que originou essa mudança profunda.

Publicamos uma fotografia enviada por Mario Cinco-Reis, o que desde já agradecemos, onde se pode verificar o nosso antigo Auto-Tanque Pesado 01, Mercedes-Benz, envolvido no teatro de operações deste grande incêndio.
 
Actualizado em ( Quarta, 05 Outubro 2016 16:35 )  


Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda mais informações, consulte a nossa Política de Cookies.

  1. Siga-nos no Facebook Siga-nos no Facebook
  2. Siga-nos no Twitter Siga-nos no Twitter
  3. Siga-nos no Google Plus Siga-nos no Google Plus
  4. Siga-nos no Youtube Siga-nos no Youtube
  5. Siga-nos na Wikipedia Siga-nos na Wikipedia
  6. Siga-nos por RSS Feeds Siga-nos por RSS Feeds
  7. Siga-nos no Flickr Siga-nos no Flickr
  8. Siga-nos no Issuu Siga-nos no Issuu
  9. Siga-nos no Instagram Siga-nos no Instagram